1. Pagina inicial
  2. Alocando o orçamento mundial do carbono
empty image

Finanças sustentáveis

Alocando o orçamento mundial do carbono

O mundo tem um orçamento de carbono. Decidir como gastá-lo é complicado, controverso e consequencial.

Não é realista esperar que as emissões caiam à mesma velocidade em todos os países e em todos os setores. Mas quem deve fazer o corte, em qual quantidade e com que velocidade se deve atingir metas zero?

Há muito foco nos vários compromissos de emissão zero de carbono entre países e empresas, mas pouco se fala sobre como isso deve ser alcançado. Isso está começando a mudar:

Em âmbito nacional, as questões estruturais e a disponibilidade de recursos farão com que os esforços de descarbonização sejam diferentemente percebidos, mas para cumprir as metas definidas Paris, todos os países devem ser rápidos na descarbonização.

Em âmbito setorial, as coisas são mais complicadas, uma vez que existem grandes diferenças entre os custos e as capacidades de diferentes setores para descarbonizar. Para os investidores, é difícil identificar e quantificar diferenças nos custos e capacidades de descarbonização.

Neste relatório, fornecemos detalhes sobre:

  • Quem está gastando o orçamento de carbono
  • Emissões de CO2 projetadas para atender o acordo de Paris sobre o clima
  • Fatores que afetam a capacidade de descarbonizar
  • Preocupações dos investidores
  • Caminhos de transição
  • A necessidade de dados de qualidade

 

  • 900
    gigatons de emissões de CO2 após 2020 representam uma chance de 83% de manter o aquecimento abaixo de 2 graus
  • 50%
    das emissões globais de gases do efeito estufa são emitidas pela China, EUA, UE e Índia
  • 97
    empresas do FTSE 100 divulgam as emissões dos escopos 1 e 2

Continue a ler – Preencha este formulário para abrir o relatório completo (EN)

Conteúdo principal

Dados de ESG da Refinitiv

Abrange 80% do limite máximo da capitalização de mercado global

Métricas ESG 500+

no banco de dados do ESG da Refinitiv

60

medições de emissões no banco de dados do ESG da Refinitiv