O futuro do trading: automação e tecnologias futuras

Tecnologia em 2024: sua mesa de operações está pronta?

Os traders de todo o mundo precisam se adaptar rapidamente à IA e às novas tecnologias, à migração para a automação e à necessidade de demonstrar a melhor execução. 

Para entender o que isso significa para o futuro, a Refinitiv se uniu à Greenwich Associates para produzir uma série de três partes chamada "The Future of Trading". 

Em nosso primeiro relatório, encontramos um amplo consenso (78%) de que a tecnologia criou mercados financeiros melhores e mais eficientes. No entanto, as opiniões variam sobre o que trará o maior impacto futuro e em quanto tempo.  

Espera-se que a IA e o Machine Learning sejam as tecnologias mais disruptivas. Além disso, as perspectivas divergem: traders buscam um impacto imediato dos Sistema de Gerenciamento de Execução (EMS) e de investimentos de curto e longo prazo em análises de desempenho das operações. Nos mercados de capitais, porém, o foco está nas soluções de segurança cibernética estratégica e defensiva de longo prazo e de gerenciamento de risco em tempo real.   

center
06:47

À medida que a tecnologia avança, como automação do trading, a análise de desempenho das operações, a IA e o Machine Learning afetarão os profissionais de trading?Para saber mais, leia o relatório completo.

Continue a ler – Preencha este formulário para baixar o relatório completo

Os profissionais dos mercados de capitais veem a inteligência artificial como a tecnologia mais potencialmente disruptiva nos próximos 3 a 5 anos

Principais descobertas

Algumas das nossas principais conclusões do relatório mostram que, nos próximos 3 a 5 anos:

73% dos traders

acreditam que o EMS terá um impacto profundo nos mercados financeiros

83% de todos os participantes

veem a análise de desempenho de trade como a tecnologia de mais impacto

80% dos participantes

esperam que o Machine Learning/IA seja totalmente integrado ao espaço das operações na bolsa em até 5 anos