1. Pagina inicial
  2. Soluções de Risco e Compliance
  3. Desenrola Brasil
  4. Desenrola Brasil | Copa do Mundo da FIFA Catar 2022
empty image

Desenrola Brasil

Episódio 3 : Copa do Mundo da FIFA Catar 2022

Nosso time de especialistas mostra que nem só de bola rolando se trata uma Copa do Mundo da FIFA.
Curiosidades sobre a sede do mundial, estádios, corrupção, mão de obra escrava e muitos outros aspectos que permeiam o universo do risco.

Escreva para gente!

Ficou com dúvida ou quer comentar algo sobre o que ouviu neste episódio? Escreva para gente!

  • 00:00:09:21 - 00:00:29:16

    Humberto Aleixo

    Olá Brasil! Meu nome é Humberto e esse é o seu podcast quinzenal de risco. o Desenrola Brasil. Esse é o terceiro episódio da série e hoje a gente vai falar um pouquinho a respeito do Catar, que é a sede do próximo Mundial de futebol da FIFA, a Copa do Mundo, que começa em apenas alguns dias.

    00:00:30:19 - 00:00:39:12

    Humberto Aleixo

    Hoje, mais uma vez, eu tenho o prazer de estar aqui comigo. As Meninas Superpoderosas do World-Check. Meninas...

    00:00:39:17 - 00:00:41:14

    Laura Bullock

    Quem dera.

    00:00:42:09 - 00:00:44:16

    Humberto Aleixo

    Meninas vocês querem dar um olhar para os nossos ouvintes?

    00:00:45:18 - 00:00:50:04

    Laura Bullock

    Oi gente! Aqui a Laura, prazer estar de volta.

    00:00:51:06 - 00:00:54:05

    Humberto Aleixo

    Laura estava super animada, não podia esperar esse podcast.

    00:00:54:06 - 00:00:57:09

    Laura Bullock

    Eu tava.

    00:00:57:09 - 00:01:08:12

    Karina Avila

    Oi gente! Eu sou Karina, é bom estar aqui de volta com vocês. Vamos ter um podcast super animado, mas também cheio de realidades. Aí pra todos nós.

    00:01:09:05 - 00:01:35:05

    Humberto Aleixo

    Tem bastante coisa para debater hoje aqui vai ser bastante interessante. Eu acho que a gente pode começar falando um pouquinho a respeito desse país tão curioso, tão pequeno e tão controverso aí que é o Catar. O Catar fica localizado na península do Catar, no Oriente Médio. A capital é Doha, onde mora 80% da população. O clima por lá é desértico e quente.

    00:01:35:16 - 00:02:03:15

    Humberto Aleixo

    Não é à toa que essa edição do Mundial vai ser realizada agora em novembro, porque é o inverno lá, ao contrário do que normalmente seria em maio ou junho, que é quando acontece o Mundial, que coincide com o verão europeu. Em 2017, a população do Catar era de 2,6 milhões de habitantes, sendo que 2,3 milhões são expatriados, ou seja, estrangeiros.

    00:02:04:05 - 00:02:11:05

    Karina Avila

    Nossa Humberto, que é muito estrangeiro, né? Mas por que? Qual é a razão?

    00:02:11:17 - 00:02:38:14

    Humberto Aleixo

    Pois a grande parte da população estrangeira. E isso se deve principalmente às grandes oportunidades de negócios nas empresas estrangeiras localizadas por lá. E aí nós podemos citar as grandes corporações ligadas ao petróleo e gás e obviamente, também a empresa do Qatar Airways, que contrata grande número de grande número de expatriados. O Catar é o quarto país árabe com.

    00:02:38:14 - 00:03:04:11

    Humberto Aleixo

    um índice de Desenvolvimento Humano muito alto. Fica atrás apenas dos Emirados Árabes Unidos, do Barein e da Arábia Saudita. A religião oficial do país é a religião islâmica, e a economia se baseia principalmente na indústria do petróleo e gás, mas existe o interesse muito grande do país em diversificar a economia e apostar no turismo, como fizeram os Emirados Árabes Unidos.

    00:03:04:23 - 00:03:30:17

    Humberto Aleixo

    E aqui a gente falando especificamente de Dubai, que é um destino turístico muito famoso no mundo inteiro, como a gente sabe. E aí esse plano de expansão da economia do Catar levou em consideração alguns tópicos, sendo que o mais importante seria implementar uma política de visto, de não exigir visto pela grande maioria dos países que existem atualmente.

    00:03:31:09 - 00:03:36:09

    Karina Avila

    Então, a maioria das pessoas que estão indo para a Copa não vão precisar de visto?

    00:03:36:09 - 00:03:37:23

    Karina Avila

    É isso?

    00:03:37:23 - 00:03:40:03

    Humberto Aleixo

    Não, não vão precisar de visto Karina

    00:03:40:08 - 00:03:40:17

    Laura Bullock

    Gente.

    00:03:42:04 - 00:03:47:21

    Laura Bullock

    E como é que é? O preço da gasolina no Catar? Deve ser top?

    00:03:47:21 - 00:03:59:15

    Humberto Aleixo

    Ela realmente é barata. Na verdade, na maioria dos países do Oriente Médio é muito barato, tanto que são uns dos poucos países do mundo em que compensa, na verdade, pegar um táxi.

    00:04:00:17 - 00:04:02:03

    Laura Bullock

    Olha olha só...

    00:04:03:24 - 00:04:23:19

    Humberto Aleixo

    É verdade. Inclusive não no Catar, especificamente, mas nos Emirados Árabes, existem algumas companhias de táxis também voltada somente para o público feminino, que a gente sabe que é por conta da religião. E existem algumas restrições. Então existem companhias de táxi só para mulheres.

    00:04:24:12 - 00:04:26:02

    Karina Avila

    Mas a questão cultural não é?

    00:04:27:04 - 00:04:27:21

    Humberto Aleixo

    Exatamente.

    00:04:27:21 - 00:04:30:03

    Karina Avila

    Super importante.

    00:04:30:18 - 00:05:07:01

    Humberto Aleixo

    É verdade. Bom, é por lá teve uma cidade inteira que foi construída do zero essa cidade. Ela se chama Lusail e fica a 23 quilômetros de Doha. Na verdade, a construção da cidade lá ainda está em pleno vapor. O estádio, obviamente, já foi concluído. O estádio que existe lá, mas ainda estão sendo construídas uma marina, comércio, áreas residenciais, resorts e até um prédio bem curioso, que fica no formato de uma letra gigante U. Um “U” um voltado para cima.

    00:05:08:05 - 00:05:18:24

    Laura Bullock

    Eu já ia perguntar isso agora. é essa cidade? Ela foi construída a cidade, o estádio e porque eles vão ser a sede da final? Não é.

    00:05:19:14 - 00:05:23:02

    Humberto Aleixo

    Bem isso. A sede, a sede da final, exatamente o estádio da final.

    00:05:23:02 - 00:05:30:11

    Laura Bullock

    Eles vão construir um estádio e uma cidade ao redor do estádio. Só para receber a final da Copa do Mundo?

    00:05:30:11 - 00:05:35:24

    Karina Avila

    É muito investimento gente.

    00:05:36:13 - 00:05:40:08

    Humberto Aleixo

    Você sabe qual é a capacidade do estádio, da final, da Copa?.

    00:05:40:08 - 00:05:41:21

    Laura Bullock

    Não

    00:05:41:21 - 00:06:13:19

    Humberto Aleixo

    Serão 80.000 pessoas. Esse é o maior estádio e o maior estádio desse Mundial da FIFA. Na verdade, falando um pouquinho à beira dos estádios, são oito no total, sendo que sete foram construídos novos e um existente. O estádio existente, o estádio Khalifa International, foi construído em 1976, mas ele foi completamente remodelado para abrigar acomodar um evento da FIFA.

    00:06:14:12 - 00:06:31:17

    Humberto Aleixo

    Esse estádio tem capacidade para 40.000 torcedores e dentro do complexo do estádio tem um hotel, o shopping center, um parque aquático e tudo mais. Vocês conseguem imaginar meninas futebol sendo jogado no Qatar em 1976?

    00:06:32:19 - 00:06:41:13

    Karina Avila

    Nossa! No túnel do tempo.

    00:06:41:21 - 00:06:42:00

    Humberto Aleixo

    Né? Patricamente areia.

    00:06:44:22 - 00:06:48:11

    Karina Avila

    Não, não. Não dá para pensar mesmo.

    00:06:50:01 - 00:07:13:10

    Humberto Aleixo

    Além desse estádio aí que eu acabei de citar que o Khalifa Internacional, outros também foram construídos entre eles o Al Bayt que aquele estádio vocês viram no Google. Ele tem uma forma de uma tenda, é bem bonito, até bem curioso. E ele tem capacidade para 60.000 torcedores e é o estádio da abertura do Mundial.

    00:07:14:08 - 00:07:14:21

    Karina Avila

    Legal!

    00:07:16:04 - 00:07:28:05

    Humberto Aleixo

    Além desse, tem o Al Janoub que é aquele que tem o formato de uma concha. Eles falam que se assemelha aos tradicionais barcos de pesca do Catar. Vocês viram esse estádio?

    00:07:29:05 - 00:07:30:23

    Karina Avila

    Eu vi. Eu acho que esse.

    00:07:31:03 - 00:07:35:00

    Humberto Aleixo

    Você acha que parece um barco? Para mim, parece uma concha.

    00:07:35:00 - 00:07:56:02

    Karina Avila

    Para mim parece uma concha. Concordo, mas assim, olhando todos os estádios que foram construídos, é impressionante de ver como a cultura foi implicada na construção de cada um. Eles são obras de arte, são obras de arte impressionante. Eu que super impressionada, vendo meses atrás.

    00:07:56:02 - 00:08:07:08

    Laura Bullock

    Toda essa construção antes do Catar, são praticamente uma obra de arte. Nunca visitei o país, mas voando por lá a gente vê a cidade de cima. É a coisa mais linda, principalmente à noite.

    00:08:08:07 - 00:08:35:07

    Humberto Aleixo

    A verdade é verdade. Laura tem um outro estádio também, que é bem curioso, que é o Ahmad bin Ali. Desculpe minha pronuncia árabe. Meu árabe é muito ruim, tem capacidade para 40.000 torcedores e é a casa do Al-Rayyan Sports Club que aquele time que é o time que foi do jogador colombiano James Rodríguez, lembram dele?

    00:08:36:05 - 00:08:38:17

    Humberto Aleixo

    Copa de 2014, Brasil e Colômbia?

    00:08:39:03 - 00:08:40:04

    Humberto Aleixo

    Lembro, lembra, eu.

    00:08:40:04 - 00:08:43:00

    Laura Bullock

    Lembro dele e lembro. Mas ele é novinho, não é?

    00:08:43:13 - 00:08:46:16

    Humberto Aleixo

    Ele é novinho. E será que ele ainda joga a gente? Eu não sei se ainda joga

    00:08:46:16 - 00:08:47:12

    Laura Bullock

    Não sei também.

    00:08:47:16 - 00:08:50:08

    Humberto Aleixo

    Mas ele passou pelo Catar, na liga Catari.

    00:08:50:23 - 00:08:55:18

    Laura Bullock

    Não acompanho a carreira do James

    00:08:58:08 - 00:09:08:08

    Karina Avila

    Eu não vou falar nome de ninguém porque na verdade eu vou enrolar minha língua mais do que qualquer coisa. Humberto Você é corajoso.

    00:09:08:13 - 00:09:18:18

    Humberto Aleixo

    Pode deixar Karina que eu me viro aqui, Eu passo vergonha com meu árabe aqui, não tem problema

    00:09:19:04 - 00:09:20:21

    Humberto Aleixo

    Tem outro estádio que é Al Thumama. Eu acho que é isso.

    00:09:23:10 - 00:09:26:01

    Laura Bullock

    Passa. vergonha com árabe mais uma vez.

    00:09:26:19 - 00:09:39:09

    Humberto Aleixo

    Ee foi construído no formato do gafia, que é aquele tradicional chapéuzinho que os muçulmanos usam no topo da cabeça. Sabe?

    00:09:39:19 - 00:09:42:15

    Karina Avila

    Sim.

    00:09:43:00 - 00:09:46:10

    Humberto Aleixo

    Redondinho e redondinho assim que vai no topo da cabeça?

    00:09:46:10 - 00:09:48:08

    Laura Bullock

    Ah, sei.

    00:09:48:08 - 00:10:10:16

    Humberto Aleixo

    Aquilo chama, gafia. E esse estádio chamado Al Thumama também tem capacidade para 40.000 pessoas. E aí eu acho que o mais famoso é o Education City, que fica dentro de um complexo universitário. Também é bem legal, tem capacidade para 40.000 pessoas e tem ar condicionado gente.

    00:10:10:21 - 00:10:14:07

    Karina Avila

    Puxa vida, que luxo.

    00:10:14:07 - 00:10:15:03

    Humberto Aleixo

    Fala se isso não é legal.

    00:10:16:05 - 00:10:17:17

    Laura Bullock

    Que eu estou tão.

    00:10:18:11 - 00:10:22:17

    Laura Bullock

    Tão passada. Como é que você bota ar condicionado no estádio inteiro?

    00:10:23:04 - 00:10:28:10

    Humberto Aleixo

    Ar condicionado na arquibancada e no campo para os jogadores.

    00:10:29:04 - 00:10:34:20

    Karina Avila

    Isso só mostra o quanto de investimento foi feito gente. É de ficar com a boca aberta.

    00:10:35:07 - 00:10:47:08

    Humberto Aleixo

    Então não vamos falar sobre o último estádio do Mundial. O último que está aqui na nossa lista é o nome curioso. Mas o estádio também é curioso por si só. Chama Nove, Sete, Quatro.

    00:10:48:08 - 00:10:49:21

    Karina Avila

    Sério, é o nome?

    00:10:50:13 - 00:10:50:16

    Humberto Aleixo

    É verdade. Nove, Sete, Quatro.

    00:10:51:02 - 00:10:54:11

    Karina Avila

    Nove, Sete, Quatro.

    00:10:54:12 - 00:11:04:10

    Humberto Aleixo

    Sabe refrente a que o Nove Sete Quatro? Porque ele foi construído com 974 containers que serão desmontados depois do Mundial.

    00:11:05:18 - 00:11:10:18

    Laura Bullock

    Eu já ia falar para você pronunciar esse número em árabe, que deve fazer algum sentido.

    00:11:11:21 - 00:11:19:23

    Humberto Aleixo

    E é muita humilhação e muita humilhação, não? Mas eu achei muito bacana. Assim é o estádio desmontável, digamos assim.

    00:11:20:13 - 00:11:25:08

    Humberto Aleixo

    Foi montado. Para o Mundial e vai ser desmontado depois.

    00:11:25:08 - 00:11:49:19

    Karina Avila

    Porque, na verdade, de gente, o Catar precisa de todos esses estádios depois da Copa do Mundo? Essa é uma pergunta que aparece sempre depois da Copa do Mundo, quando existe tanto investimento. E daí? A gente pergunta até que esse investimento está sendo feito? Porque depois que a Copa do Mundo acaba, o que vai ser feito? Qual o uso desse investimento?

    00:11:50:05 - 00:12:08:01

    Karina Avila

    Isso aconteceu na África do Sul também. Eu acho que na Rússia, no Brasil, no Brasil, exatamente. Então tem. Eu acho bem legal essa possibilidade de desmontar um estádio depois e usar o material para outra coisa. Maravilha!

    00:12:09:18 - 00:12:38:07

    Humberto Aleixo

    E aí você deve estar se perguntando Mas como foi esse processo todo? Como a gente chegou até aqui? Em 2010, ainda falando aí no ano em que a sede do Mundial foi na África do Sul, na verdade, logo após o Mundial, o comitê da FIFA se reuniu em Johannesburg, que é uma das capitais da África do Sul, para escolher as sedes das próximas duas edições do Mundial.

    00:12:38:24 - 00:12:59:01

    Humberto Aleixo

    E aí a gente está falando de 2018 na Rússia, e agora 2022 no Catar. E aí esse processo de escolha da sede. Ele não aconteceu de forma muito transparente, digamos assim. Tem algumas polêmicas, né Karina, envolvendo essas escolhas?

    00:12:59:09 - 00:13:27:15

    Karina Avila

    Tem. Tem algumas polêmicas que as notícias estão em todo canto. Gente tem, dá para vocês consultarem em qualquer lugar e infelizmente, as coisas que deveriam ser só saudáveis, relacionado a esporte, competição e tudo mais. Acabaram se desviando um pouquinho dos objetivos aí, da maneira de fazer as coisas acontecerem, né?

    00:13:28:19 - 00:13:37:14

    Humberto Aleixo

    E aí é que você pode falar aí pra gente dos escândalos de corrupção que aconteceram a atualidades aí para o nosso universo aqui do World-Check.

    00:13:37:23 - 00:14:09:21

    Karina Avila

    Então existe muito comentário. E em relação ao governo do Catar ter pago para a FIFA na questão da compra dos votos em favor deles para escolhidos como sede da Copa do Mundo de 2022. E o valor foi mais ou menos aí, pelo que eu li, mais ou menos transformando em reais três ponto milhões de reais

    00:14:09:21 - 00:14:12:05

    Humberto Aleixo

    Bilhões né..

    00:14:12:05 - 00:14:13:12

    Karina Avila

    Eu falei milhões?

    00:14:13:12 - 00:14:14:19

    Humberto Aleixo

    Falou

    00:14:14:19 - 00:14:15:04

    Karina Avila

    Bilhões.

    00:14:15:05 - 00:14:15:17

    Laura Bullock

    Bilhões com B?

    00:14:18:00 - 00:14:18:12

    Humberto Aleixo

    Bilhões e.

    00:14:19:14 - 00:14:19:19

    Laura Bullock

    Não.

    00:14:19:20 - 00:14:20:19

    Laura Bullock

    Gente. Eu estou chocada.

    00:14:20:19 - 00:14:24:00

    Humberto Aleixo

    Bilhões com B mesmo.

    00:14:24:07 - 00:14:30:06

    Karina Avila

    É bilhões, bilhões de reais. Desculpa meu engano. E assim.

    00:14:31:15 - 00:14:35:07

    Humberto Aleixo

    880 milhões de Euros Karina. Para ser mais preciso.

    00:14:36:09 - 00:14:57:22

    Karina Avila

    Isso é de Euros. Isso mesmo. E daí, assim teve um jornal também um jornal britânico que trouxe a informação e eles disseram que tiveram acesso a documentos que mostraram que agora eu vou ter que falar em árabe. Gente, Al-Jazeera! É isso?

    00:14:58:13 - 00:15:02:02

    Humberto Aleixo

    Está certinho, bonitinho o árabe da Karina. Parabéns.

    00:15:02:02 - 00:15:36:03

    Karina Avila

    A Al Jazeera, que é uma rede nacional de televisão que é controlada pelo governo, assinou um contrato para repassar o dinheiro para a FIFA em três parcelas. Então, seriam duas parcelas de 400 milhões € e uma parcela de 480 milhões €. Gente, isso teria também uma porção que iria para a FIFA, por por estar fazendo, concordando com esse processo ainda fraudulento, na verdade.

    00:15:37:11 - 00:16:27:06

    Karina Avila

    Então, após algumas alguns anos de investigação de acusações, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos, pela primeira vez, teve representantes que trabalharam para a Rússia, para o Catar e que se subordinaram. Mas os funcionários da FIFA para garantir os direitos de sediar a Copa do Mundo do futebol masculino e, no caso. Então, assim, promotores fizeram acusações e teve o indiciamento acusando três executivos de mídia e uma empresa de marketing esportivo de vários crimes, incluindo a fraude eletrônica.

    00:16:27:18 - 00:16:58:02

    Karina Avila

    Porque quando tem essa questão do voto, não é só nas eleições, na gente acontece noutras situações também. Então existiram questões relacionadas ao suborno para garantir os direitos de televisão e de marketing para esse torneio esportivo que está acontecendo, que é um dos maiores torneios esportivos do mundo, que é tão esperado que acontece só de quatro em quatro anos. Então.

    00:16:58:21 - 00:17:05:11

    Laura Bullock

    Desculpe se eu não me engano a Copa do Mundo, ela é a Copa do Mundo masculina de futebol, a maior fonte de renda da FIFA.

    00:17:06:03 - 00:17:08:16

    Karina Avila

    Ah então.

    00:17:09:06 - 00:17:11:01

    Humberto Aleixo

    É menina dos olhos de ouro da FIFA.

    00:17:12:14 - 00:17:53:21

    Karina Avila

    Então, olhos abertos na gente. Então, e os casos aconteceram. As acusações foram feitas e o caso mais recente é um caso de corrupção que já vem de anos, que já produziu condenações de vários dirigentes e executivos do futebol e também depoimentos de ex-líderes da FIFA foram tomados. E. É claro que é uma pena que tem tanto dinheiro envolvido e tantas questões com ilegalidade em promover um evento que deveria ser 100%.

    00:17:55:06 - 00:18:06:16

    Karina Avila

    Só alegria, né? E então ali foi, foi. Foi usada essa questão de todos esses crimes que eu citei e deixei mais claro.

    00:18:06:16 - 00:18:19:00

    Humberto Aleixo

    Inlcusise Karina, teve, inclusive, algumas prisões aí que foram bastante relevantes no cenário do futebol mundial. A gente teve nomes aí bastante conhecidos da grande mídia.

    00:18:19:01 - 00:18:19:24

    Laura Bullock

    Teve o FIFA gate

    00:18:20:23 - 00:18:21:15

    Humberto Aleixo

    Exatamente e.

    00:18:21:15 - 00:18:28:20

    Humberto Aleixo

    Foram presos, inclusive o presidente da Confederação Brasileira de Futebol, na época, foi preso.

    00:18:28:20 - 00:18:29:19

    Karina Avila

    Foi sim.

    00:18:29:20 - 00:18:36:15

    Humberto Aleixo

    Foi preso, foi preso, extraditado para os Estados Unidos e julgado e condenado.

    00:18:38:01 - 00:18:40:24

    Karina Avila

    É.

    00:18:41:08 - 00:18:45:14

    Laura Bullock

    Denunciou uns alguns dos cartolas que eles chamam.

    00:18:45:17 - 00:19:05:01

    Karina Avila

    E então teve a ex-presidente da CBF também que foi está envolvido. Sucessor do presidente da CBF. Então, assim, muita gente importante. Na verdade.

    00:19:05:01 - 00:19:06:05

    Humberto Aleixo

    Gente do alto escalão da UEFA

    00:19:08:11 - 00:19:11:02

    Laura Bullock

    Da Comembol também.

    00:19:11:04 - 00:19:13:05

    Karina Avila

    Sul americana, da Conmebol também, da.

    00:19:13:05 - 00:19:17:24

    Humberto Aleixo

    Conmebol também, mas o da Conmebol. Os caras morreram antes

    00:19:17:24 - 00:19:19:15

    Karina Avila

    Dois

    00:19:19:23 - 00:19:22:18

    Karina Avila

    Dois morreram, um era paraguaio.

    00:19:23:08 - 00:19:28:02

    Humberto Aleixo

    E o outro argentino. O presidente da Associação de Futebol Argentina.

    00:19:28:02 - 00:19:49:23

    Karina Avila

    E daí sobrou um que é brasileiro, que ainda está vivo, sabe? Mas é uma pena tudo isso, gente. Claro que essas questões são super relevantes para World-Check, porque se dão ali com fraudes, corrupção, lavagem de dinheiro. Então assim, nossos clientes...

    00:19:49:23 - 00:19:52:06

    Humberto Aleixo

    Formação de quadrilha,

    00:19:52:06 - 00:20:03:21

    Karina Avila

    Formação de quadrilha. Nossos clientes podem fazer consulta, vão informar, vão achar informações das pessoas ligadas e assim isso você não é nosso cliente.

    00:20:04:06 - 00:20:08:07

    Karina Avila

    Não dá pra votar ainda dá tempo. A nossa informação de que.

    00:20:08:16 - 00:20:11:12

    Laura Bullock

    Inclusive, vários deles tinham contas em paraísos fiscais tá...Fica a dica.

    00:20:11:19 - 00:20:51:06

    Karina Avila

    Exatamente Fica a dica. Muito bem Laura, muito bem lembrado. Mas então é isso, gente, o sorteio foi assim. Uma pena. Eu acho que é sim, o que resta. Nos resta esperar que essa Copa venha a superar os danos que foram feitos e acho que a Laura tem algumas outras coisas para para ressaltar para a gente que talvez quebre um pouco mais o coração, mas manda aí, Laura.

    00:20:51:06 - 00:20:56:24

    Laura Bullock

    Aí, gente, eu não sei nem por onde começar. Não é só a polêmica de corrupção.

    00:20:58:00 - 00:20:59:19

    Laura Bullock

    Que afeta.

    00:20:59:22 - 00:21:26:13

    Laura Bullock

    A Copa do Catar, mas também tem a polêmica trabalhista desde o comecinho a Copa, a construção da Copa do Mundo, a organização, né? Como a gente sabe, porque a gente teve uma Copa no Brasil, então a gente sabe que mobiliza muita gente, mobiliza muito recurso, não apenas construção, mas sim o que está por trás das construções. Também. E tudo mais.

    00:21:27:04 - 00:21:40:17

    Laura Bullock

    Então a gente tem muita denúncia de trabalho escravo, tá; Trabalho em condições análogas à escravidão, não o trabalho escravo formalmente dito, mas condições análogas. Inclusive retenção de passaporte.

    00:21:41:15 - 00:21:43:01

    Karina Avila

    Poxa vida...

    00:21:43:01 - 00:22:14:24

    Laura Bullock

    Pois é muita morte também associada ao Mundial. Os números são de mais de 6500 trabalhadores migrantes. É importante ressaltar isso. Como Humberto falou no comecinho. A maioria da população do Catar é de imigrantes. Então keep it in mind, guarde esta informação. São mais de 6500 trabalhadores migrantes morreram no Catar entre 2011 e 2020.

    00:22:15:17 - 00:22:17:22

    Laura Bullock

    Está

    00:22:17:22 - 00:22:24:00

    Humberto Aleixo

    Laura você teria informação aí. De onde seria? De onde seria originários esses imigrantes. Assim, a maioria?

    00:22:24:21 - 00:22:26:07

    Humberto Aleixo

    Deles pelo menos?

    00:22:28:11 - 00:22:33:13

    Laura Bullock

    Muitos imigrantes da Índia, do Paquistão, do Nepal, Bangladesh Sri Lanka.

    00:22:34:08 - 00:22:58:10

    Karina Avila

    Eles que eram na verdade também. Desculpa Laura te interromper. Eles viram na verdade gente. Eram pessoas que viram isso como uma oportunidade de trabalho, né? Porque, na verdade é uma região rica, mas que não oferece oportunidades. Puxa vida, uau! A Copa do Mundo aqui! Vou trabalhar, né? Em relação às mortes, Laura, eu vi que eles não. Eles não.

    00:22:58:10 - 00:23:15:01

    Karina Avila

    Na verdade, não deram esse número oficial. Mas teve gente que foi investigar nas cortes lá relacionadas, porque eles falaram que poucas pessoas morreram e quando morriam, eles falaram de morte natural.

    00:23:15:15 - 00:23:16:05

    Laura Bullock

    Vamos chegar lá...

    00:23:16:05 - 00:23:19:06

    Karina Avila

    Como pode, então, continue Laura.

    00:23:20:02 - 00:23:23:13

    Humberto Aleixo

    Karina Tá, tá, animada

    00:23:23:13 - 00:23:24:12

    Laura Bullock

    Tava

    00:23:24:12 - 00:23:27:14

    Karina Avila

    Não, eu fico revoltada. Na verdade, fico revoltada

    00:23:27:14 - 00:23:29:01

    Laura Bullock

    Mas é revoltante.

    00:23:30:11 - 00:23:52:19

    Laura Bullock

    Então são pessoas que, como a Karina falou, foram atrás de uma vida melhor. O Catar tem um IDH maior que o dos Estados Unidos? IDH não, perdão. A renda per capita é maior que a dos Estados Unidos. Então, assim você imagina que você vai lá. Você vai fazer dinheiro, né? Não muito. Porém, foram mais de 6500 trabalhadores, como eu disse.

    00:23:52:23 - 00:24:13:03

    Laura Bullock

    Migrantes morreram entre 2011 e 2020. São como nesse período de dez anos. O Catar, ele nega. A gente não tem como saber também, para ser sincero, que esses 6500 estavam diretamente envolvidos na Copa do Mundo. A gente imagina porque a quantidade de gente que migrou para lá para trabalhar pela Copa do Mundo é uma quantidade muito alta.

    00:24:14:01 - 00:24:14:13

    Laura Bullock

    E.

    00:24:14:23 - 00:24:23:19

    Laura Bullock

    Muita gente jovem morrendo de causas naturais. Não tem gente pessoa de 20 anos saudável,

    00:24:23:19 - 00:24:24:23

    Karina Avila

    Exatamente.

    00:24:25:13 - 00:24:31:10

    Karina Avila

    Não dá para falar. Morreu de causas naturais, com certeza e tem outras coisas envolvidas.

    00:24:32:03 - 00:25:04:22

    Laura Bullock

    As investigações paralelas, né? Por que o Catar nega isso veementemente. Dão conta de que são as condições de trabalho extenuantes que as jornada de trabalho. Trabalhar no calor, aquele calor do deserto, a gente trabalhando no deserto, sem água potável, sem alimentação. Teve um caso de um que faleceu porque foi eletrocutado, teve um vazamento de água que tocou os fios que estavam expostos no dormitório que ele estava morando.

    00:25:05:21 - 00:25:16:03

    Laura Bullock

    Então ele morreu e isso é negado. Isso não entra como um trauma, uma morte causada por uma condição trabalhista

    00:25:16:03 - 00:25:46:10

    Humberto Aleixo

    Laura, você falou aí um pouquinho do calor. Me parece que estava lá nas news, nas notícias que o Comitê Organizador da Copa. Ele, eles meio que se mobilizaram pra melhorar um pouquinho a imagem do país. Porque esses escândalos aí de de de condições análogas à escravidão, então vazou. Então, assim tá todo mundo sabendo. Então eles meio que implementaram medidas aí paliativas.

    00:25:46:10 - 00:25:56:18

    Humberto Aleixo

    E, por exemplo, no verão, passaram uma lei que não era permitido trabalhar das 11h00 até as 16h00 não é isso? São as medidas.

    00:25:57:09 - 00:26:04:14

    Laura Bullock

    Mas isso aí só foi implementado em 2017. O Catar foi escolhido 2010. Olha quanto tempo?

    00:26:06:09 - 00:26:10:01

    Laura Bullock

    Que ficou sem uma solução.

    00:26:10:01 - 00:26:27:24

    Karina Avila

    Isso também, eu li sobre algumas visitas de representantes da FIFA que foram e eles, na verdade, perceberam algumas coisas, né? E daí? Foram tentando obrigar a implementação de algumas mudanças para melhorar a situação deste povo.

    00:26:28:23 - 00:26:58:10

    Laura Bullock

    Sim, também o Catar. Ele entrou em como é que se chama, não é conluio que chama. Conluio não é a palavra certa, mas é um acordo com a Organização Internacional do Trabalho para melhorar as condições trabalhistas dos imigrantes. Os imigrantes, eles não têm a mesma, as mesmas. Eles não tinham antigamente as mesmas garantias trabalhistas que os locais. E, como a gente sabe, eles são a maioria da população que trabalha no Catar.

    00:26:58:10 - 00:27:14:08

    Laura Bullock

    Mais de 2 milhões de imigrantes trabalham no Catar, não numa população de 2,6 milhões de pessoas. E o que aconteceu que estava... Eu estava vendo isso. É muito curioso. Nos países do. Golfo Pérsico, que são aqueles países ali daquela região.

    00:27:14:16 - 00:27:15:24

    Humberto Aleixo

    Aquele miolinho ali

    00:27:16:14 - 00:27:46:17

    Laura Bullock

    Aquele miolinho ali, existe um sistema chamado kafala. O kafala, ele é um sistema de patrocínio que as empresas que vão contratar trabalhadores imigrantes, elas eles utilizam do kafala. O que a ideia do kafala, em primeiro lugar, era proteger esses trabalhadores de eventuais abusos. Por que quase ninguém fora dos países de origem árabe fala árabe, né? Então, assim.

    00:27:46:17 - 00:28:15:13

    Laura Bullock

    Muita gente de lá também não fala inglês. Então a ideia era justamente proteger esses trabalhadores. Estavam indo para lá trabalhar e contra abusos. Então a empresa que está te contratando fica responsável pela sua documentação, pelo seu visto. Mas você assina um contrato que você vai ter que trabalhar durante determinado período de tempo para aquela empresa e você precisa de permissão para coisas como, por exemplo, sair do emprego, sair do país.

    00:28:16:15 - 00:28:39:00

    Laura Bullock

    Muitas empresas adicionam no contrato também moradia, alimentação. Então, se você quiser quebrar esse contrato, tem que pagar uma multa. E o que te deixa na mão do empregador, porque o empregador está com seu documento, ele está responsável por te legalizar no país. Então, se ele não faz isso, você vai ser considerado ilegal e o empregador não vai ser preso.

    00:28:39:00 - 00:29:33:02

    Laura Bullock

    Se você for considerado ilegal, quem vai ser preso é você. Então, o que acontece? O kafala. Ele era muito, é muito criticado pelo mundo inteiro, por organizações nacionais. Human Rights Watch e tudo mais. E ele foi abolido. O Catar foi o primeiro país a abolir o kafala, em setembro de 2020 e em janeiro daquele ano ele já aboliu a permissão que você precisa pegar de seu empregador para poder sair do país. Mas o kafala foi completamente abolido em setembro de 2020. Foi o primeiro país do Golfo Pérsico e foi uma reforma trabalhista que eles fizeram e também o Catar, agora ele deu um salário mínimo para os trabalhadores imigrantes. Não tinha salário mínimo para trabalhadores imigrantes. Eles ficavam 100% reféns. Do quanto a pessoa queria pagar, entendeu?

    00:29:33:15 - 00:29:37:04

    Karina Avila

    Poxa, e também houve muito atraso de salário né Laura?

    00:29:37:17 - 00:30:07:14

    Laura Bullock

    Muito, muito, muito, muito mesmo. E inclusive uma das críticas da Human Rights Watch é sobre isso, porque, apesar dessa lei ter sido a de essa reforma trabalhista ter sido aprovada em setembro de 2020, coisas como atrasos de salário por meses. Assim, sete meses, oito meses ainda acontecem e também deduções ilegais na intenção de punir o empregado, porque, seja lá o que for, entendeu?

    00:30:07:14 - 00:30:08:11

    Karina Avila

    Poxa, vida

    00:30:08:11 - 00:30:11:18

    Laura Bullock

    É. É muito a melhorar ainda.

    00:30:12:06 - 00:30:49:22

    Karina Avila

    Um outro fator que eu achei um outro fator que eu acho importante lembrar agora é que também uma dessas visitas que o comitê para verificar situação de escravo análogo à escravidão análoga. Eles verificaram que eles recebiam a mesma refeição todos os dias. Como pode gente? Ah, não dá, né? E daí estabeleceram que precisava fazer essa, essa mudança de ter uma variação na alimentação daquelas pessoas.

    00:30:49:23 - 00:31:03:04

    Karina Avila

    O ser humano precisa um pouco de tudo, né? Não dá pra imaginar a gente. A gente come feijão e arroz todo dia no Brasil, mas tem sim aquela variação. Sim, porque, por favor.

    00:31:04:05 - 00:31:10:01

    Laura Bullock

    Tem também uma equipe jornalística que foi investigar o que estava acontecendo e foi presa pelo governo.

    00:31:10:19 - 00:31:12:02

    Karina Avila

    Poxa vida.

    00:31:12:02 - 00:31:13:23

    Laura Bullock

    E ficou dois dias preso.

    00:31:13:23 - 00:31:18:09

    Karina Avila

    E oque vai acontecer nesta Copa? Gente, eu acho que tem gente que não vai voltar para casa.

    00:31:19:05 - 00:31:44:01

    Humberto Aleixo

    Eu acho que a Laura tocou num ponto muito interessante, que são os desafios para colocar um evento dessa magnitude de pé. E aí, obviamente que o primeiro grande desafio é o processo de seleção, mas vai muito além disso. No caso de um campeonato mundial de futebol, a gente está falando de desafios, de logística. A gente está falando de desafios, de construção, de estádios mesmo.

    00:31:44:01 - 00:32:11:21

    Humberto Aleixo

    Entregar a mão de obra. E aí, quando a gente olha para o Catar, que é um país que, pelo menos para a maioria dos brasileiros, não é tão conhecido, a gente fala de outros desafios também, que são as questões culturais. E assim, os desafios são imensos. E aí, quando a gente fala além dos desafios normais que existe em um evento dessa magnitude, existem também as questões das questões culturais.

    00:32:12:05 - 00:32:36:06

    Humberto Aleixo

    No caso que é o consumo de bebida alcoólica em público, o alcool, a farmosa cervejinha do futebol. Então, assim como um país muçulmano, fica proibido no Catar, o consumo de bebida alcoólica em público. E aí isso pode gerar multa de até R$4.000  ou prisão para quem for pego, pego bêbado.

    00:32:37:09 - 00:32:43:21

    Karina Avila

    Gente... Isso vai ser uma situação totalmente nova em relação à Copa do Mundo, né?

    00:32:43:21 - 00:32:44:24

    Humberto Aleixo

    Copa seca

    00:32:44:24 - 00:32:49:16

    Karina Avila

    É no deserto.

    00:32:51:16 - 00:33:02:07

    Laura Bullock

    Eu tenho uma dúvida ou no Catar, o álcool era proibido antes ou não? Assim ele seria? Eles abrira esta exceção para a Copa?

    00:33:03:04 - 00:33:36:00

    Humberto Aleixo

    Sim, por ser um país muçulmano, eles não consomem álcool. Obviamente que dentro da sua casa e você, como estrangeiro, você pode consumir o álcool e tal. Ou nos hotéis também. Eles servem, desde que sejam os hotéis de rede um pouquinho melhor e tudo mais, que não sejam tão restritos. Mas obviamente que na rua não é permitido o consumo de álcool e aí existe multa e algumas sanções para quem for pego bêbado.

    00:33:36:18 - 00:33:40:00

    Humberto Aleixo

    E aí, como mencionei, a multa varia de R$ 4.000 até prisão.

    00:33:42:07 - 00:34:06:01

    Humberto Aleixo

    E, além disso, também o próprio xeique do país. Porque, obviamente, todas essas questões, essas restrições foram levantadas. E eram as perguntas que se tinha a partir do momento da eleição do Catar como sede do Mundial. Mas o xeique do país árabe aqui de novo, Tamim bin Hamad. Ah, meu árabe de novo aqui. Mas parece que dessa vez está melhor né gente?

    00:34:07:02 - 00:34:07:15

    Laura Bullock

    Está bem melhor.

    00:34:08:08 - 00:34:24:03

    Humberto Aleixo

    Está bem melhor, vou chegar lá. O xeique afirma que o país está aberto a todos os turistas, incluindo ao público LGBTQIA+ Porém, ele pede que evitem demonstrações de afeto em público

    00:34:24:03 - 00:34:28:11

    Laura Bullock

    Mas isso para qualquer.

    00:34:28:11 - 00:34:32:14

    Humberto Aleixo

    Isso aí é para todo mundo gente. Ai já não é mais falando...

    00:34:33:05 - 00:34:39:14

    Karina Avila

    Não pode, beijinho, abraço nem para comemorar o gol?

    00:34:39:16 - 00:34:40:16

    Laura Bullock

    Abraço eu não sei.

    00:34:41:01 - 00:34:42:15

    Humberto Aleixo

    Por conta e risco. Viu Karina?

    00:34:43:24 - 00:34:44:20

    Laura Bullock

    Eu evitaria

    00:34:45:24 - 00:34:46:13

    Humberto Aleixo

    É melhor evitar.

    00:34:46:13 - 00:34:48:08

    Karina Avila

    É uma Copa diferente.

    00:34:49:08 - 00:35:03:12

    Humberto Aleixo

    Porque são são passíveis de prisão ou multa. E aí, obviamente que nem se fala. Sexo com pessoas não casadas. Então é assim, independente de quem vai vir a Copa do Catar

    00:35:03:12 - 00:35:04:21

    Laura Bullock

    Desliga o Tinder.

    00:35:04:21 - 00:35:20:14

    Humberto Aleixo

    Desliga. Independente de quem vai ver lá se é hétero ou se é homossexual, tem que tomar muito cuidado com qualquer tipo de demonstração de afeto ou relação sexual. Não pode gente, isso aí da cadeia.

    00:35:22:08 - 00:35:37:11

    Humberto Aleixo

    E aí, pra finalizar e a gente falando um pouquinho das mulheres, tomar muito cuidado com a vestimenta, procurar não usar nada que chame muita atenção, evitar ombros de fora, evitar shortinhos.

    00:35:38:00 - 00:35:57:00

    Karina Avila

    Eu não vejo isso acontecendo de maneira nenhuma. Imagina! As brasileiras mostram a barriga, tem o povo. Não sei que vai. Eu não sei. Sinceramente, eu estou aqui sem palavras, porque vai, vai

    00:35:57:00 - 00:35:58:14

    Humberto Aleixo

    Karina está indignada.

    00:35:58:14 - 00:36:09:06

    Karina Avila

    Não, eu não estou inidgnada, mas assim vai ser uma Copa que além dos desafios dentro do campo, os desafios fora do campo vão ser tão grandes.

    00:36:10:01 - 00:36:22:20

    Laura Bullock

    Eu vejo isso acontecendo tanto porque eu ia morrer de medo de ser presa no Catar. Então, se alguém me fala: você vai ter que cobrir o ombro. Eu cubro na hora.

    00:36:22:20 - 00:36:35:21

    Humberto Aleixo

    Fica uma pergunta no ar e depois de tanta restrição assim. Vocês acham que é possível se divertir com essa Copa no Catar depois de tantas restrições para quem vai? Estou falando para quem vai lá.

    00:36:35:24 - 00:36:37:21

    Laura Bullock

    Ah tá. Vou falar, eu vou me divertir aqui.

    00:36:38:10 - 00:36:42:18

    Humberto Aleixo

    Não para quem vai lá. Vocês acham que dá para se divertir com tantas restrições?

    00:36:43:04 - 00:36:45:09

    Laura Bullock

    Acho que dá sim.

    00:36:47:10 - 00:37:37:11

    Karina Avila

    Eu também acho que dá, porque, na verdade, quem vai para a Copa do Mundo vai para a Copa do Mundo para assistir um bom futebol, né? São os melhores times do mundo que estão ali. Então, assim vamos torcer pra que tudo corra bem, para que exista essa consciência de do cumprimento das regras, que é o que o que o país estabeleceu para não virar sem essa um vuco, vuco e ter uma história negativa dessa Copa, mas sem. apesar de todas essas coisas que a gente falou anteriormente, todos os outros aspectos. Mas vamos esperar que que a gente, todo mundo que vai quem estiver suportando a Copa do Mundo de futebol, que esteja focado no futebol de verdade.

    00:37:39:00 - 00:37:54:03

    Humberto Aleixo

    Pois é, de verdade. E aí, pra finalizar, porque a gente está chegando, já está aproximando aí o final do nosso episódio, o Brasil. O que é que vocês acham, meninas? Vocês acham que dá? Vai ser dessa vez?

    00:37:54:03 - 00:37:58:13

    Karina Avila

    Olha, eu não sei o que achar não. Mas vamo, Brasil.

    00:37:59:09 - 00:38:14:15

    Laura Bullock

    Eu quero. Eu estou torcendo tanto para esse hexa chegar. Meu ano vai ficar perfeito. Que o meu Flamengo já ganhou a Libertadores. Agora, se o Brasil trouxer o hexa, eu até abraço a bandeira de novo. Sabe?

    00:38:14:15 - 00:38:16:08

    Humberto Aleixo

    Já emenda com Natal, ano novo...

    00:38:16:08 - 00:38:19:01

    Laura Bullock

    Já olha carnaval.

    00:38:19:20 - 00:38:20:14

    Humberto Aleixo

    Carnaval,

    00:38:20:14 - 00:38:21:24

    Laura Bullock

    Festa de seis meses.

    00:38:22:17 - 00:38:35:16

    Karina Avila

    Mas o Brasil está pegando fogo no momento, né gente? Com essa questão de pós eleição e tudo mais, eu acho que toda essa parada dos caminhoneiros vai desaparecer, porque todo mundo vai para casa assistir jogos de futebol.

    00:38:35:16 - 00:38:40:02

    Laura Bullock

    A gente merece uma paz, uma alegria.

    00:38:41:07 - 00:39:03:22

    Humberto Aleixo

    Verdade. Então, obrigado, meninas! Mais uma vez é muito legal debater com vocês aqui. Foi muito rico o podcast de hoje. O assunto é aí. Boa sorte, boa sorte para o nosso Brasil torcer, quer que seja dessa vez, né? Que já faz que 20 anos a última vez? 20 anos, 2002

    00:39:03:22 - 00:39:04:22

    Karina Avila

    Tudo isso!

    00:39:05:06 - 00:39:06:04

    Humberto Aleixo

    Vinte anos já

    00:39:06:04 - 00:39:08:24

    Karina Avila

    O tempo passa

    00:39:08:24 - 00:39:10:12

    Humberto Aleixo

    Era criança da última vez.

    00:39:11:13 - 00:39:12:10

    Laura Bullock

    Ai Humberto!

    00:39:12:10 - 00:39:17:14

    Karina Avila

    É a melhor piada do podcast

    00:39:17:14 - 00:39:24:24

    Humberto Aleixo

    Olha, depois dessa eu acho que é melhor a gente encerrar esse podcast. Então. Abraço Brasil! E até a próxima.

    00:39:24:24 - 00:39:35:21

    Karina Avila

    Desenrola Brasil