Ir para conteúdo

Quanto maior o índice de diversidade e inclusão de uma empresa, melhor a sua resiliência

Elena Philipova
Elena Philipova
Global Head ESG Proposition, Refinitiv

Além de a pandemia forçar empresas e setores a se concentrar na sobrevivência, ela também tem revelado a importância dos índices ESG –incluindo diversidade e inclusão (D&I)— para embasar decisões de alocação de capital.


  1. A pandemia e a extrema volatilidade do mercado aumentaram o foco sobre a diversidade e as práticas de inclusão corporativas.
  2. Para tomar decisões de alocação de capital, investidores passaram a examinar as práticas de D&I e estão exigindo dados mais abrangentes sobre as diferentes facetas da diversidade, que vão muito além do gênero.
  3. Ferramentas e métricas sólidas são essenciais para uma medição confiável do desempenho de D&I.

Para mais informações baseadas em dados diretamente no seu inbox, assine o boletim semanal Refinitiv Perspectives

Apesar das atuais circunstâncias econômicas, extremamente desafiadoras, os profissionais do setor financeiro estão incorporando temas ESG com mais frequência (e disposição) em suas estratégias de investimento e decisões de alocação de capital.

Diversidade e inclusão na força de trabalho figuram entre os principais temas ESG, e estão diretamente relacionados à capacidade de recuperação e resiliência dos negócios. Isso porque o grau de D&I de uma organização é decisivo para que ela consiga atrair e reter os melhores talentos, incentivar ideias e atitudes inovadoras e alcancar um bom desempenho financeiro em um ambiente de negócios em constante mudança.

Estamos ingressando em uma década que promete volatilidade em escala e com impactos jamais vistos, o que aumenta ainda mais a importância da diversidade e das práticas de inclusão no trabalho.

Por que D&I vem ganhando tanto destaque?

O ambiente atual do mercado tem estimulado que as práticas de D&I das companhias sejam examinadas ainda mais de perto. Os investidores começaram a analisar a relação entre diversidade, resiliência e capacidade de recuperação da crise deflagrada pela Covid-19. Os clientes, por sua vez, procuram produtos mais sustentáveis e socialmente justos, e os funcionários, uma empresa que os valorize e ofereça segurança no emprego.

Para um mergulho mais profundo na análise de D&I, acesse nosso relatório: Principais Fatores que Impulsionam Locais de Trabalho Diversificados e Inclusivos

 

Assista: Why is diversity and inclusion important for businesses?”

O banco de dados ESG da Refinitiv ajuda você a compreender melhor tendências e insights de D&I que podem embasar estratégias de investimento. Ele é a base para o Diversity and Inclusion Index, que destaca as 100 empresas mais diversificadas e inclusivas do planeta.

Impulso ao bom desempenho

Em um recente relatório, Principais Fatores que Impulsionam Locais de Trabalho Diversificados e Inclusivos”, examinamos os dados de diversidade e inclusão.

A análise abrange os 24 indicadores básicos usados ​​para produzir a pontuação de D&I de uma empresa, como tendências de diversidade cultural e de gênero nos conselhos administrativos; métricas sobre gerentes do sexo feminino; e políticas corporativas de desenvolvimento de carreira.

Uma conclusão importante é que, globalmente, a diversidade cultural nos conselhos estagnou em cerca de 30% –isso enquanto a diversidade de gênero só faz aumentar.

Tendências de D&I versus benchmarks de mercado

O relatório também fornece uma análise de portfólio para cada tendência, usando o aplicativo Portfolio Analytics no Refinitiv Eikon, e a compara com uma referência de mercado.

Por exemplo, um portfólio composto por empresas no decil superior com base na diversidade cultural do conselho superou ligeiramente o índice, de igual peso, usado como referência, o MSCI All Country World Index. Já um portfólio de companhias no decil inferior apresentou um desempenho visivelmente inferior ao desse benchmark.

Por fim, o Diversity and Inclusion Index destaca as empresas com melhor performance nessa área, em uma série de países.

Os piores desempenhos foram encontrados nos setores aeroespacial e de defesa, além de mídia e publishing. No entanto, mesmo esses grupo obteve um ponto a mais do que no ano anterior.

Também é importante notar que o Diversity and Inclusion Index teve uma performance melhor do que dois dos principais benchmarks nos últimos oito anos, o MSCI World ESG Leaders GR Index e o S&P Global 1200 ESG TR Index.

Além do gênero

Embora as discussões e iniciativas sobre diversidade e inclusão venham aumentando, a maioria delas tende a focar em gênero. Mas o que acontece com as outras facetas igualmente importantes de D&I? Outros aspectos de D&I, como histórico, etnia, orientação sexual e pessoas com deficiência, acabam sendo agrupados ou não recebendo nenhuma menção.

Isso precisa mudar. E a Refinitiv se compromete a cumprir seu papel de conscientizar e influenciar as empresas a serem mais transparentes nos diversos tópicos que compõem D&I. Fique atento aos desenvolvimentos nessa área.

Para um mergulho mais profundo na análise de D&I, acesse nosso relatório: Principais Fatores que Impulsionam Locais de Trabalho Diversificados e Inclusivos

A Refinitiv está agora no Telegram! Receba atualizações diárias de análises de mercado em seu celular. Inscreva-se em t.me/Refinitiv