Ir para conteúdo

Crime financeiro, crime verde e risco corporativo

Anubhuti (David) Kumar
Anubhuti (David) Kumar
Proposition Director – Financial Crime (Screening) Data and Software, Refinitiv, an LSEG business

A cada ano, o crime financeiro e o crime verde continuam a infligir graves prejuízos a indivíduos, empresas e comunidades em todo o mundo. Para obter sucesso no combate às organizações que perpetuam o problema, é preciso adotar uma abordagem multifacetada e, sobretudo, colaborativa.


  1. O crime financeiro e o crime verde costumam estar intimamente ligados a grupos criminosos que ocultam suas atividades em redes bastante complexas.
  2. Nosso novo recurso, Special Interest Categories, no World-Check, ajuda na conscientização sobre os potenciais riscos e auxilia as empresas a cumprir com regulamentos cada vez mais rigorosos.
  3. Para realizar uma boa triagem, dados confiáveis ​​e completos são essenciais. No entanto, o compartilhamento de informações e recursos por meio da colaboração entre o setor público e o privado pode fazer toda a diferença nessa luta.

Para mais informações baseadas em dados diretamente no seu inbox, assine o boletim semanal Refinitiv Perspectives

O crime financeiro (fraude, lavagem de dinheiro, roubo, suborno e corrupção, crime cibernético e escravidão moderna) e o crime verde (sobretudo tráfico de vida selvagem e crime ambiental) costumam estar intimamente relacionados, e os grupos responsáveis ​​por perpetuar essas práticas ilícitas ocultam suas atividades dentro de complexas redes de clientes, terceiros, fornecedores e parceiros.

Embora crimes como fraude e lavagem de dinheiro possam ter sérias consequências econômicas para organizações empresariais, sociedades e até mesmo países inteiros, outras contravenções – incluindo tráfico de pessoas e escravidão moderna— geram impacto social e humanitário incalculável na vida de milhões de pessoas todos os dias.

Ao mesmo tempo, os crimes verdes estão contribuindo sistematicamente para uma perda significativa da biodiversidade, com consequências de longo alcance para todo o planeta.

O Refinitiv World-Check Risk Intelligence ajuda você a cumprir com as exigências regulatórias e proteger sua empresa de crimes financeiros e danos reputacionais

Links de terceiros com crimes financeiros e verdes

Dados da Refinitiv revelam que 41% dos relacionamentos com terceiros nas cadeias de suprimentos globais não são submetidos a verificações de due diligence durante no momento da integração. Além disso, 60% não estão sujeitos a um monitoramento contínuo.

Falhas desse tipo criam oportunidades perfeitas para que criminosos mantenham suas atividades ilegais sem serem detectados. Portanto, é crucial que as organizações examinem todos os terceiros (potenciais e existentes) quanto ao envolvimento em qualquer aspecto de crime financeiro ou verde.

Qualquer ligação com indivíduos ou entidades associados a essas formas de crime podem levar a penalidades envolvendo valores significativos, além de graves danos à reputação.

As corporações não devem se proteger apenas contra os possíveis riscos financeiros e reputacionais que podem advir da relação com pessoas ou organizações vinculadas a esses delitos, mas também precisam garantir o compliance com regulamentações cada vez mais rigorosas, incluindo:

  • A 5ª Diretiva Anti-Lavagem de Dinheiro da UE (5AMLD), que introduziu requisitos mais rígidos com o objetivo de erradicar o crime financeiro. Isso engloba, entre outros, controles mais severos para criptomoedas; uma maior ênfase na transparência do beneficiário final (Ultimate Beneficial Owner, ou UBO); a extensão da exigência de relatórios para mais setores, particularmente aquelas relacionadas a bens de alto valor; e requisitos aprimorados de due diligence em países de alto risco.
  • A 6ª Diretiva Anti-Lavagem de Dinheiro da UE (6AMLD), que tem especificamente o crime ambiental como um dos focos. Novas leis da UE que padronizarão os relatórios ambientais, sociais e de governança (ESG), facilitando a identificação de empresas com alta pontuações na esfera ESG.

Controle de mídia adversa

A triagem de mídia adversa –que geralmente inclui alegações já publicadas ou suposto envolvimento em lavagem de dinheiro, corrupção, exposição a sanções, financiamento de ameaças ou outras atividades ilegais— tornou-se um aspecto fundamental dos processos de due diligence de clientes e terceiros. Isso porque pode ajudar a identificar riscos, sinalizando possível envolvimento em atividades criminosas.

As organizações devem garantir pronto acesso a conteúdo de mídia adversa de qualidade, tanto estruturado quanto não estruturado, ao fazer o onboarding de novos clientes e terceiros, bem como para fins de monitoramento contínuo.

O database Refinitiv World-Check Risk Intelligence combina dados de mídia adversa estruturados e não estruturados para ajudar as organizações a cumprir com medidas regulatórias, detectar riscos e, claro, se proteger de danos financeiros e de reputação.

O conteúdo de mídia adversa que é estruturado inclui os nomes de indivíduos e entidades associadas a uma atividade enquadrada nos critérios do World-Check (nos estágios de pré e pós-condenação).

Usamos uma combinação de Processamento de Linguagem Natural e experiência humana para coletar informações de uma ampla variedade de fontes de notícias confiáveis. Assim, criamos no World-Check um registro único de pessoa ou entidade que contém o evento de risco, estágios e classificações relevantes.

Já a nossa ferramenta de triagem de mídia, o World-Check One Media Check, auxilia os usuários a navegar por conteúdos não estruturados. A marcação inteligente (intelligent tagging) e o Processamento de Linguagem Natural são usados ​​para melhorar a eficiência e a relevância da triagem, para que os resultados se tornem mais direcionados às exigências do usuário.

New Special Interest

Além disso, o World-Check agora oferece um novo recurso: o Special Interest Category (Categoria de Interesse Especial). Criamos mais de 60 categorias de interesse especial e as categorizações serão aplicadas a todos os registros, incluindo aqueles de mídia adversa.

Special Interest Categories

As categorias de interesse especial oferecem uma visão mais granular da mídia adversa. Elas destacam o crime (ou crimes) aos quais o indivíduo ou entidade está associado e fornecem mais clareza sobre os motivos para a inclusão do registro no banco de dados.

Dessa forma, os usuários podem selecionar e filtrar o tópico mais relevante para seus negócios, dividindo os dados disponíveis de acordo com suas necessidades individuais.

Assista: Targeted Adverse Media Screening

O poder da colaboração

Embora dados de triagem confiáveis ​​e completos sejam uma ferramenta-chave na luta contra crimes financeiros e verdes, o compartilhamento mais amplo de informações e recursos por meio da parceria entre o setor público e o privado mostra-se crucial.

Por isso, a Refinitiv está empenhada em colaborar com uma ampla gama de ONGs com experiência em aumentar a conscientização sobre essas infrações.

  • Em outubro de 2020, a Refinitiv uniu forças com a United for Wildlife para combater redes criminosas de tráfico de vida selvagem.
  • Em janeiro de 2021, a Refinitiv anunciou uma parceria com o The Sentry, equipe de investigação e política que visa impedir que criminosos de guerra africanos e seus esquemas de negócios se infiltrem no sistema financeiro internacional.
  • Em fevereiro de 2021, anunciamos uma cooperação com a Freedom Seal Global, selo de confiança concedido a empresas que estão efetivamente tomando medidas para erradicar a escravidão moderna.